Semana Santa 2015 - 2016 - 2017




Semana Santa: tempo de reflexão e abstinência

Brasil 2015 2016 2017 2018 2019
Semana Santa 29 de março 20 de março 9 de abril 25 de março 14 de abril



A Semana Santa é o período em que o Cristianismo celebra a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. Começa no Domingo de Ramos, logo após o final da Quaresma, e termina no Domingo de Páscoa.

Durante a Semana Santa, a comunidade católica reúne-se em celebrações diárias para relembrar o sofrimento de Jesus e o sacrifício que ele fez para libertar a Humanidade da morte e do pecado.

Segundo as tradições bíblicas, Jesus realizou muitos feitos importantes durante a semana que antecedeu sua morte, como a segunda purificação do Templo de Jerusalém e o Discurso das Oliveiras, em que falou sobre o fim dos tempos e sobre sua segunda vinda. Também durante a Semana Santa ele fez a última ceia com seus apóstolos, dividindo com eles o pão e o vinho e instituindo o sacramento da Santa Comunhão.

Celebrações da Semana Santa

Domingo de Ramos: entrada de Cristo na cidade de Jerusalém, quando foi recebido como um rei pelo povo que poucos dias depois clamaria pela sua crucificação.

Segunda-Feira Santa: relembra a purificação do Templo e a prisão de Jesus.

Terça-Feira Santa: dia de penitência e cumprimento de promessas. São relembradas algumas das parábolas contadas por Jesus.

Quarta-Feira Santa: realiza-se a Procissão do Encontro entre a imagem de Nosso Senhor dos Passos e a de Nossa Senhora das Dores.

Quinta-Feira Santa: o bispo local abençoa os óleos que serão usados no decorrer do ano para Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos. A noite é de vigília, pois corresponde à noite em que Cristo foi traído e preso. São retirados todos os ornamentos das igrejas e todas as imagens são cobertas.

Sexta-Feira Santa: celebra-se a crucificação e morte de Jesus com a cerimônia de Adoração da Cruz. Dia de abstinência, em que os fiéis devem jejuar até o meio-dia, não podem comer carne vermelha nem realizar atividades ligadas ao prazer. À noite, acontece a Procissão do Enterro.

Sábado de Aleluia: dia em que os fiéis aguardam a ressurreição de seu Mestre. Nas igrejas, é realizada a Vigília Pascal, uma das celebrações mais longas do catolicismo.

Domingo de Páscoa: celebra a Ressurreição de Cristo. É a comemoração mais importante do Cristianismo, pois representa a vitória de Cristo sobre a morte e o pecado.

Tradições da Semana Santa

Nem todas as celebrações da Semana Santa foram criadas pela Igreja. No entanto, algumas caíram no gosto popular e hoje fazem parte do folclore de algumas cidades.

Entre as mais pitorescas está a Procissão do Fogaréu, realizada na cidade de Goiás à meia-noite da quarta para a quinta-feira. Populares se vestem de soldados encapuzados e batem de porta em porta procurando por Jesus, ao som de tambores, carregando tochas e com a iluminação pública apagada.

Em muitas cidades, a encenação da Paixão de Cristo na sexta-feira santa tornou-se um grande evento, muitas vezes com atores consagrados.

Também é famosa a Malhação de Judas, em que a população queima ou espanca um boneco que representa o discípulo que traiu Jesus. A tradição nasceu na Península Ibérica e foi trazida ao Brasil pelos colonizadores portugueses.