Dia do Espírito Santo 2017 - 2018 - 2019




Dia do Espírito Santo e sua celebração no Brasil

Brasil 2017 2018 2019
Dia do Espírito Santo 31 de maio 31 de maio 31 de maio



O Dia do Espírito Santo é comemorado em 31 de maio. A data relembra o Pentecostes, momento em que o Espírito Santo desceu dos céus sobre os discípulos de Jesus e os inspirou a propagar as graças de Deus pelo mundo.

Segundo a Igreja Católica, receber o Espírito Santo é como nascer de novo, livre do pecado original.

O que é o Espírito Santo?

Para os cristãos, o Espírito Santo é uma das partes da Santíssima Trindade. Segundo a Bíblia, Deus é um só, mas ao mesmo tempo se divide em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo.

O Pai é o criador do mundo, o princípio e o fim da vida, eterno e piedoso. O Filho é Jesus Cristo, que foi enviado pelo Pai para redimir os pecados da humanidade e promover a salvação do mundo. O Espírito Santo simboliza o amor infinito de Deus por seus filhos e habita no coração de cada fiel, estabelecendo uma comunhão perfeita com o Pai e o Filho. Foi através dele que Deus encarnou no ventre de Maria sem que ela tivesse mantido relações sexuais.

O fato de as três pessoas serem apenas uma é um dos Mistérios da fé cristã, que nenhuma pessoa é capaz de entender ou explicar. Essa teoria é aceita por quase todas as denominações cristãs, exceto as Testemunhas de Jeová e algumas correntes protestantes.

O Espírito Santo costuma ser representado como uma pomba branca, porém em suas manifestações bíblicas aparece na forma de fogo, vento ou uma nuvem, ora escura, ora extremamente brilhante. A água e os óleos do Batismo também representam o Espírito Santo.

Festa do Divino Espírito Santo

Ao que se sabe, as primeiras celebrações dedicadas ao Espírito Santo aconteceram em Portugal no século XIV. Os nobres da época ofereciam grandes banquetes coletivos ao povo e davam esmolas aos pobres e necessitados. A tradição se espalhou pelos países colonizados por portugueses e chegou ao Brasil ainda no início do século XIV.

Por aqui, a Festa do Divino Espírito Santo caiu no gosto do povo e sobreviveu ao passar do tempo: ainda hoje é uma celebração muito popular em várias cidades, atraindo fiéis e turistas.

Cada região do país adota uma estrutura diferente para a festa, que dura vários dias e mescla religiosidade com elementos do folclore local. As comemorações incluem quermesses com comidas típicas, procissões com muita música, arrecadação de esmolas e apresentações teatrais religiosas e folclóricas.