Dia de São Valentim 2015 - 2016 - 2017




Dia de São Valentim, padroeiro dos apaixonados

Brasil 2015 2016 2017 2018 2019
Dia de São Valentim 14 de fevereiro 14 de fevereiro 14 de fevereiro 14 de fevereiro 14 de fevereiro



Quem foi São Valentim?

A maior parte dos países do mundo celebra o Dia dos Namorados no Dia de São Valentim, como uma forma de homenageá-lo. Valentim foi um bispo que viveu na época do Imperador Cláudio II, quando os poderosos ainda viam o Cristianismo como uma seita que afrontava os antigos deuses romanos e colocava em risco o poder do Imperador.

Durante seu governo, Cláudio II pretendia montar um grande e poderoso exército. Acreditando que jovens sem família se alistariam com mais facilidade e seriam melhores combatentes por não ter vínculos afetivos, proibiu a realização de casamentos em todo o Império.

Valentim, no entanto, continuou celebrando casamentos às escondidas, e logo tornou-se extremamente popular. Quando o Imperador descobriu, mandou prendê-lo e condenou-o à morte por decapitação. Segundo a lenda, enquanto Valentim estava preso, jovens jogavam flores e bilhetes em sua cela, dizendo que ainda acreditavam no amor.

Diz-se que Valentim e a filha de seu carcereiro apaixonaram-se durante o período em que ele esteve preso. No dia de sua execução, despediu-se da amada com uma carta, em que assinara “de seu eterno Valentim”. Ao recebê-la, a garota (que era cega) recuperou a visão.

Dia dos Namorados

Por volta do século X, a Igreja Católica instituiu o dia 14 de fevereiro como o Dia dos Namorados e difundiu a ideia de que São Valentim era o protetor dos casais que pretendiam seguir rumo ao casamento e à formação de uma família.

A intenção era cristianizar o antigo festival romano chamado Lupercalia, festa realizada para homenagear a deusa da fertilidade e o deus da natureza, que foi proibida pela Igreja no ano de 494. O festival celebrava o início da primavera e a volta da fertilidade aos campos, e era marcado pela luxúria. Aos poucos, a população europeia substituiu a celebração pelo Dia de São Valentim.

Em 1799 a Igreja Católica retirou a data do calendário religioso, pois não há comprovações históricas de que o santo tenha realmente existido. No entanto, a festa caiu no gosto popular e aqueceu o comércio.

Hoje, a data é comemorada em vários países, e não apenas entre casais de namorados. O Dia de São Valentim tornou-se uma oportunidade de demonstrar afeto também aos amigos próximos e familiares através da troca de presentes e bilhetes carinhosos.

No Brasil, o Dia dos Namorados é celebrado em 12 de junho por ser véspera do Dia de Santo Antônio, santo português com fama de casamenteiro.