Dia da mulher 2017 - 2018 - 2019




Dia da mulher: uma conquista na história da humanidade

Brasil 2017 2018 2019
Dia da Mulher 8 de março 8 de março 8 de março



O dia internacional da mulher é comemorado anualmente no dia 8 de março. Esta data representa uma conquista social, econômica e política para todas as mulheres. É uma festividade que, graças a ONU, passou a ser comemorada por diversos países.

Desde o século XX, já existia a ideia de criar uma data festiva para a mulher, principalmente na Europa e Estados Unidos. O ideal era ressaltar, neste dia, a luta das mulheres por melhores condições trabalhistas, qualidade de vida, e a aquisição de direitos sociais exclusivos de homens, como o voto na época.

Hoje, o dia da mulher é marcado por simbologias, e elas são homenageadas com poemas, frases especiais e flores (particularmente rosas).

A data escolhida para esta comemoração foi 8 de março graças a uma série de eventos drásticos que envolverão muitas mulheres em uma fábrica norte-americana. Em 8 de março de 1857, várias mulheres que trabalhavam numa indústria de tecidos de Nova Iorque fizeram uma enorme greve no local.

O intuito era solicitar um grande número de melhorias nas condições de trabalho, como redução das horas de trabalho de 16 horas para 10 horas diárias, igualação de salários entre mulheres e homens (pois os rendimentos femininos chegavam somente a um terço do pagamento dedicado aos homens), e, também, um acolhimento decente e respeito às mulheres dentro do ambiente de trabalho.

Infelizmente, o protesto foi contido com extrema violência. Sabe-se que várias mulheres que estavam no local foram trancafiadas dentro da fábrica de tecidos, que posteriormente foi incendiada. Cerca de 130 mulheres morreram queimadas no evento.

Somente em 1910, em uma conferência na Dinamarca, que foi instaurado o dia internacional da mulher, em homenagem a este triste evento de 1857. Mas a ONU só oficializou a data em 1975.

A data festiva não foi criada apenas com o intuito de comemorar a coragem e os direitos conquistados por aquelas mulheres. Ainda hoje, ocorrem debates, conferências e reuniões por todo o mundo com o propósito de analisar as contribuições femininas na sociedade atual. Lamentavelmente, até o momento, muitas mulheres ainda sofrem a desvalorização e o preconceito, tanto no âmbito profissional como dentro do próprio lar. Apesar dos avanços, várias empresas ainda oferecem para as mulheres um salário inferior aos ofertados aos homens, uma jornada de trabalho grande, além de desrespeito e desigualdades na carreira.

No Brasil, a luta das mulheres teve uma conquista ainda mais precoce. Já no ano de 1932, foi firmado o voto feminino. Além disso, alguns anos depois, as mulheres conquistaram o direito de serem eleitas em cargos do poder executivo e legislativo. E, em 2010, foi eleita a primeira presidente mulher do Brasil, Dilma Vana Rousseff.